Kombucha: Manual de Cuidados Iniciais

Kombucha: Manual de Cuidados Iniciais

Kombucha: Manual de Cuidados Iniciais

O chá milagroso

O que você vai precisar para preparar o seu Kombucha:

  • 1 recipiente de vidro que comporte 1l ou 500ml (com a boca larga) – exemplo aqui.
  • 1 xicara de açúcar da sua preferência (você pode encontrar um de boa qualidade, orgânico AQUI).
  • 4-6 sachês de chá verde ou chá preto
  • Água mineral e/ou fervida e esfriada
  • ½ xícara de chá de vinagre de maça (apenas na primeira vez)
  • 1 pano limpo e elástico para cobrir o pote
  • Muito amor, carinho e paciência!

 Assim que receber o seu Kombucha – Primeira Fermentação:

Ferva bem a água (500ml a 1 litro), se for água corrente deixe ferver por 3-5min, para retirar o cloro. Prepare o chá bem forte! Pode misturar o açúcar já nesta fase, assim ele irá diluir melhor. Espere o chá esfriar totalmente, retire os sachês do chá, e coloque o chá no recipiente que irá utilizar para fermentar o kombucha, então adicione ½ xicara de vinagre de maça (apenas na primeira vez, quando recebeu seu novo scoby) e coloque o seu scoby. Atenção! Não lave o scoby antes de colocá-lo no chá, a colônia já “está estressada” pela viagem, não é necessário fazer nenhum tipo de higienização. Tampe-o com a pano e prenda com um elástico na borda. Agora a fermentação dura de 14-21 dias em média, deixe em um local escuro e não mexa no pote! Você irá notar que pelo 10° dia já iniciará a formação de um novo scoby na superfície. Assim que completar essa primeira fermentação, você retira seu novo scoby e recomeça todos os passos, mas desta vem SEM o vinagre. Não jogue a sua primeira muda de kombucha fora, com o tempo ela irá se juntar as novas

Segunda Fermentação:

A fermentação do kombucha é dividida em duas etapas, a primeira que foi descrita acima, e a segunda, que é quando adicionamos o “gosto”. Separe o chá da primeira fermentação em garrafas e encha-as até a metade, ou um pouco menos. Não é necessário que tenha boca larga, pois você vai utilizar apenas o produto da fermentação, e não os scobys. Prepare um suco forte, de sua preferência e adoce-o com açúcar. Use o suco para completar a outra parte da garrafa, feche-a bem e deixe fermentar em um local escuro, a temperatura ambiente, por mais 5 a 7 dias. Passados esses dias coloque as garrafas na geladeira, já pode apreciar o seu KOMBUCHA!

Cuidados especiais:

O Kombucha fermenta em temperatura ambiente, não o coloque na geladeira!

Quanto menos mexer no recipiente de fermentação, melhor, pois a cada fermentação se formará um novo scoby na superfície. Se você mexer muito pode ser que demore mais, ou não forme este novo scoby.

É normal a formação de uma “sujeirinha marrom” boiando junto ao chá, são da sedimentação do chá usado e poderá aderir ao biofilme, se quiser pode lava-lo, mas não é obrigatório, ele não está contaminado. Recomende que não lave antes que ter um scoby razoavelmente grande.

Não use água alcalina para preparar o KOMBUCHA! Ele precisa do PH baixo para a sua fermentação e para evitar que que mofo ou leveduras externas se desenvolvam enquanto o chá é preparado.

Perguntas frequentes:

É normal o scoby boiar? É normal o scoby afundar?

Sim! Ambos são normais, dependendo da situação ele vai boiar ou final do fundo, não tem nenhum problema!

Não me responsabilizo por uso indevido do produto, procure um médico ou nutricionista sempre que tiver alguma dúvida. Como qualquer ser vivo, se não for bem cuidado a colônia pode vir a morrer, então cuide bem do seu Kombucha!

Manual Completo de cuidados com Kefir de Água

Manual Completo de cuidados com Kefir de Água

Manual Completo de cuidados com Kefir de Água

Tibi ou Tibico

O que você vai precisar para cuidar do seu Kefir:

Assim que receber o seu Kefir:

1. Se você receber os grãos desidratados:

Abra a embalagem com cuidado e coloque tudo dentro de um pote com água mineral (200 ml) e deixe-o hidratar por 3-4h! Você vai notar que eles praticamente vão dobrar o tamanho! Coe os grãos, jogue a água fora e coloque-os novamente dentro do pote com 200ml de água de qualidade, mas agora adicione uma colher rasa de açúcar mascavo, feche bem o pote e deixe em um local protegido. Espere 48h, esta primeira água você irar desprezar, coe os grãos e jogue a água fora. Agora repita o processo, a próxima água você pode consumir normalmente. Pode ser que demore até uma semana para os grãos voltarem a atividade normal.

2. Se você receber os grãos hidratados:

Se você receber os seus grãos já hidratados basta iniciar o processo normalmente, coloque-os em um pote com pelo menos 200ml de água e 1 colher rasa de açúcar mascavo. É recomendável desprezar a água da primeira vez que você coar.

Cuidados gerais com Kefir:

Para cada colher de sopa de Kefir utilize em média uma colher de sopa (rasa) de açúcar mascavo e 200 ou 300 ml de água. Tampe bem e deixe fermentar. Consuma nos próximos três dias! Basta coar a água e usar os grãos para nova fermentação, repetindo o processo. Com o tempo você pode ir adaptando a quantidade de água e de açúcar, de acordo com seu paladar.

Cuidados especiais com Kefir:

Não use objetivos metálicos de cobre, ferro, alumínio, estanho ou prata no Quefir. Apenas plástico ou INOX, na dúvida opte sempre pelo plástico.

Não use a água direto da torneira! Pois tem cloro e pode matar o Kefir! Se não tiver como usar apenas água mineral, ferva a água durante 2 minutos e espere esfriar para usar no Quefir. Não use água quente, ou vai matar a colônia.

O Kefir se alimenta de glicose, ou seja, açúcar. Use de preferência açúcar orgânico, mascavo ou demerara. Em algumas experiências minhas ele fermentou normalmente com açúcar normal. Em minhas últimas observações notei que eles gostam muito de um “mix” dos três tipos de açúcar! Coloquei em um pote grande açúcar mascavo, refinado e demerara! O resultado foi ótimo!

Guarde-o em um local protegido durante a fermentação, de preferência escuro e a temperatura ambiente. O Kefir de água não se dá tão bem quanto o leite em baixas temperaturas, então não o guarde dentro da geladeira, apenas quando quiser diminuir a sua atividade (não o faça por muitos dias consecutivos).

Uma informação que é importante salientar é que o Kefir não vai dobrar de tamanho na primeira semana e nem se “multiplicar loucamente”. Pode ser necessário um período de adaptação de pelo menos 1 mês até você começar a notar que a colônia começa a aumentar.

Outro fator importante para levarmos em conta é que a temperatura ideal para reprodução e fermentação do Kefir é entre 23°C e 27°C, qualquer temperatura mais fria ou bem mais quente irá influenciar no seu desenvolvimento.

Algumas perguntas mais comuns:

Alguns grãos estão boiando, eles morreram?

Não. É normal devido à fermentação o Quefir se movimentar e até mesmo boiar. Significa que os grãos estão saudáveis e em plena atividade!

Quando tempo posso deixar eles sem trocar a água?

Não deixe mais do que três ou quatro dias sem trocar a água, se for fazer tenha certeza de ter colocado bastante açúcar para que eles possam se alimentar, e mesmo assim não garanto que vão sobreviver.

Posso usar o Kefir de água no leite?

Depende! Algumas pessoas conseguem adaptar os grãos sem problema, mas sugiro que separe uma parte dos seus grãos e não todos.

Quanto devo consumir?

Recomenda-se iniciar com doses pequenas de Kefir e ir aumentando de acordo com a reação do organismo, em média 200-300 ml no início. Não existem contra indicações para o uso do Kefir, a não ser para pessoas com problemas hepáticos graves, pois como toda fermentação pode ter um percentual pequeno de álcool (varia entre 2%). Consulte um médico ou um nutricionista para maiores recomendações.

Não me responsabilizo por uso indevido do produto, procure um médico ou nutricionista sempre que tiver alguma dúvida. Como qualquer ser vivo, se não for bem cuidado a colônia pode vir a morrer, então cuide bem do seu Quefir!

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.

Pin It on Pinterest