Imagem retirada do próprio artigo.

Artigo traduzido e adaptado por Juliana Praetorius Buchweitz.
Autor Prof. Keith Scott-Mumby MD, MB ChB, PhD, conferir o texto na língua original.

Vamos falar sobre sua flora intestinal e o câncer! Talvez você não saiba o quão importante é a sua condição intestinal (microbiota) para a prevenção do câncer.

Alerta: A saúde do intestino é um fator crítico

Um amigo meu recentemente apontou um artigo na Business News da Bloomberg, que mostrava que as principais correntes cientificas finalmente começaram a entender o que eu venho dizendo há uma década sobre a saúde do intestino! Os resultados choraram os pesquisadores, mas eu queria fazer uma cara de desapontado!

Sua microbiota intestinal vai ajudá-lo a prevenir e combater o câncer. Isso é um fato.

Cultivar boas bactérias intestinais é a sua primeira linha de defesa contra o câncer e muitas outras doenças graves. Isso é possível devido ao fato das bactérias impulsionarem o seu sistema imunológico, ajudando-o a lidar com toxinas, metais pesados, parasitas, fungos e bactérias nocivas.

Sendo assim, nutrir o sistema que protege você de tantas camadas (sua microbiota) de possíveis invasões de contaminantes deve ser o senso comum. Mas você ficaria chocado como muitos na comunidade médica não reconhecem a importância do sistema gastrointestinal na saúde total.

O homem que lidera a investigação na área de imunoterapia do câncer da Roche, Daniel Chen, disse, “Cinco anos atrás, se você tivesse me perguntado se as bactérias no seu intestino desempenham um papel importante em sua resposta imunológica sistêmica, eu provavelmente teria rido.”

E assim muitos médicos tem deixado passar despercebido, de novo e de novo, enquanto médicos como eu queria sacudi-los e gritar: “Como você pode não entender a ciência do presente? Como você pode não ver a conexão entre a saúde do intestino e câncer (e doença cardíaca, doença neurodegenerativa, dor crônica…)?

O papel do sistema imunológico contra o câncer

A fim de impulsionar o sistema imunológico, para prevenir o câncer (e muito mais), você precisa aumentar sua colônia de boas bactérias intestinais. Assim você permite que suas entranhas combatam o câncer. Você permite que eles sejam seu “guardião”.

A pesquisa da Universidade de Chicago descobriu que o aumento de bactérias do intestino ratos (especificamente com Bifidobacterium) igualou os resultados da imunoterapia (usando o sistema imunológico do corpo para atacar o cancro) em retardar o crescimento de células de câncer melanoma!

Eles, então, combinados os dois (bactérias do intestino e imunoterapia) alcançaram o sucesso que foi comparável às drogas anti-câncer.

Outro estudo referenciado na Bloomberg, da França. Os pesquisadores observaram que algumas bactérias intestinais saudáveis foram ativadas quando a imunoterapia foi administrada.

Estamos falando de luta contra o câncer sem destruir todas as células saudáveis em seu corpo! Usando o seu próprio corpo para lutar por você – e não a criação de um deserto nuclear das suas células saudáveis (e absolutamente o nivelamento do seu sistema imunitário). Saúde intestinal e prevenção do câncer andam de mãos dadas .

Eu estive gritando isso aos quatro ventos, desde a década de 1980, enquanto era ignorado pelos estabelecimentos médicos e farmacêuticos. Parece que os cientistas e médicos tradicionais estão finalmente vendo que há melhores maneiras de combater o câncer do que destruir todo o seu corpo no processo.

A supremacia de sua microbiota na luta contra o câncer

A microbiota humana é uma incrível rede de 100 trilhões de organismos que vivem dentro e no corpo. Eles são feitos de bactérias benéficas, bem como fungos, vírus e bactérias que não são tão benéficas. Precisamos desse microcosmo para sobreviver. A relação entre eles e os seres humanos que eles carregam é simbiótica na natureza.

Antibióticos perturbam esta relação de forma semelhante a como a quimioterapia afeta o corpo humano. A quimioterapia destrói células perfeitamente saudáveis, não-cancerosas dentro de você, juntamente com as células cancerosas. Da mesma forma, os antibióticos acabam com todas as bactérias (o tipo mau, bem como o tipo bom que você não pode viver sem).

Por anos, eu apontei para o uso excessivo de antibióticos como uma das principais causas do aumento dos casos de câncer. Destruir o que te mantém saudável simplesmente não é um bom método de tratamento.

Como criar sua Microbiota

Construção de sua microbiota intestinal é o caminho para prevenir o câncer, ajudar na luta contra o câncer, e viver uma vida mais longa, mais saudável em geral. Há três “importantes PILARES ” de luta contra o câncer… Todos os quais ajudam a melhorar a saúde do sistema gastrointestinal.

  • PILAR UM – Limpeza Emocional: O estresse é conhecido nas comunidades tradicionais e alternativas como uma das principais causas da inflamação. É uma coisa  que todos concordam (embora a resposta de medicina tradicional seja outra prescrição). A inflamação é o bloco de construção de todas as doenças conhecidas. Em outras palavras, o estresse vai matá-lo através do câncer, ataque cardíaco ou doença auto-imune se você permitir que ele controle sua vida.
  • PILAR DOIS – Desintoxicação: Poluição pessoal é tão terrível como a poluição ambiental, e estamos rodeados por ambos. Há uma série de contaminantes em nosso solo, água e ar. Isso significa que estas toxinas são também em nossa alimentação. O controle está com você. Você pode controlar o que você coloca no seu corpo, e como você mantem os ambientes em que vive. Então você precisa trabalhar em remover a “sopa tóxica” dentro de você para que seu corpo possa começar uma limpeza profunda.
  • PILAR TRÊS – Dieta: Qualquer um (profissional médico ou não) que lhe diz que a dieta não afeta a sua saúde ou a capacidade de combater a doença é um mentiroso. Dieta é tudo. O que você escolhe para colocar em sua boca pode significar a diferença entre a vida e a morte. Portanto, grande parte da nossa saúde intestinal está ligado ao que comemos e bebemos.

O caminho mais rápido para construir e fortalecer suas bactérias benéficas está seguindo estes três pilares e, em seguida, aplicá-las em cada área de sua vida.

Saúde intestinal e prevenção do câncer pertencem um ao outro. É provável que esta seja a principal razão pelo qual os povos nativos têm uma taxa inexistente de câncer. Eles têm muito menor exposição a toxinas, não são inundadas com o estresse, e consumem uma dieta de alimentos crus, naturais que não são processados.

Eles também não enchem seus corpos (ou os corpos de seus filhos) com antibióticos a cada momento. Na verdade, eles não têm nenhuma exposição a drogas farmacêuticas! Esta é certamente uma das principais diferenças!

A parte dos lucros (porque há sempre uma parte que envolve lucros)

Abomino o lucro e fome da indústria farmacêutica como um todo (e percebo que o seu interesse é apenas em encontrar outra fonte de renda). Mas eu realmente estou chocado que eles estão explorando essas vias de estudos. Infelizmente, eles provavelmente irão desenvolver alguma pílula “mágica” que implante bactérias sintéticas em seu intestino para substituir os que você tem naturalmente.

Você sabe, tudo que é “natural” é explorado e transformado visando lucro.

Roche AstraZeneca está olhando para suas pesquisas como uma possível terapia de tratamento para o câncer. Se eles desenvolverem uma terapia para o câncer que dependa de bactérias intestinais saudáveis, eles vão ganhar a patente. Vão arrecadar lucros incríveis, e somente aqueles que podem pagar terão acesso.

É por isso que é fundamental que você comece a construir a sua microbiota pessoal agora. Melhorar o que já esta vivendo em seu intestino agora… Apenas esperando para ajudá-lo.

Ame a sua microbiota intestinal

Engolir probióticos (em capsulas) vai te custar uma fortuna e as chances de sucesso são pequenas. Estes organismos simplesmente não prosperam em um ambiente ruim. Os três pilares são cruciais. Comece com a limpeza emocional e desintoxicação.

Uma vez feito isso, você vai precisar de um ataque de duas fases na dieta:

  • Fase Um: Incorporar uma fonte de alimento que bactérias intestinais saudáveis comem para sobreviver, sob a forma de pré-bióticos. Chicória, alho, cebola, alho-porro, cebolas, espargos, beterraba, dente de leão verdes, erva-doce, ervilhas, couve, nozes e sementes, dentre outros.
  • Fase Dois: Incorporar uma variedade de alimentos probióticos para diversificar as bactérias saudáveis em seu intestino. iogurte fermentado, kefir, chá de kombucha, tempeh, kimchi, couve, vegetais em conserva (em salmoura – não vinagre), carne fermentada (por exemplo, carne de sol) e peixe (sardinha).

Se você pode, você simplesmente deve optar por amamentar seu recém-nascido. O leite materno é uma fonte incrível de compostos prebióticos naturais. Não há nenhuma outra substância como ele na terra que contenha tantas substâncias boas. O bebê pega as bactérias do canal vaginal da mãe e recebe alimento prebiótico para as bactérias através do leite materno.

A conexão entre a saúde do intestino e câncer é real. Não há nenhuma razão você não pode começar a comer hoje para a prevenção do câncer ou para lutar contra esta doença horrível. Eu acredito no microbioma humano e eu sei que você vai também. Uma vez que você começar a amar seu intestino, você vai se sentir incrível!

Contamos com heróis de saúde como você para nos ajudar a espalhar a palavra sobre esta informação importante, salvando a vida. Compartilhe com os amigos.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.

Pin It on Pinterest

Shares
Share This